não é um diário, apenas alguns apontamentos dos meus dias com o que sinto, com o que me vai na alma e no pensamento
Domingo, 22 de Julho de 2012
Há quanto tempo!

Tenho desprezado este meu canto.

Confesso que a culpa é do Facebook, desde que me meti nele não consigo ter tempo para me dedicar aos dois espaços.

 

Será? Será que é a única razão ou apenas uma desculpa para a minha falta de vontade, coragem ou até inspiração para expressar o que sinto, o que está nas entranhas do meu ser, o que tento disfarçar, encarar ou mostrar.

No FB parece-me que há a tendência de se ser mais superficial, mais banal, mais fútil talvez, sei lá. Só sei que aqui revelo a outra parte que não se vê só sente, mais intimista.

 

Mais uma vez a culpa é do tempo que não tem culpa (como já escrevi antes), o tempo... O tempo é a nossa vida que passou que é agora e que não sabemos se será amanhã, mas damos como garantido distraídamente.

 

Passei tanto tempo a adiar a minha vida, horas, dias e momentos que desprezei que não aproveitei. Agora que sei que já pouco me resta sinto aflição, quero aproveitá-lo mais, mas o mau hábito impede.

 

Ah! como dói a culpa sem hipótese de desculpa e sem tempo para corrigir.

 

Se não fiz o que senti e queria na altura certa, quando quiz recuperar já era tarde. Porque cada atitude, cada vivência, cada vontade, cada experiência tem de ser realizada na oportunidade que ao ser desprezada ou adiada perde o sabor, perde o a razão de ser.



publicado por Gi às 13:49
link do post | comentar

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2011
Portugueses viram bichos para superar a crise

Agora comparam-nos a animais.

Portugueses, como já não têm como saír do buraco, toca a transformarem-se em bichos.

Boa solução não é? Somos mesmo supers!

Eu cá gostava de me transformar numa leoa esfomeada para devorar todos os políticos, mas logo a seguir quero vomitar para não ter uma indigestão.

 

«Solução para sair da crise, segundo os sociais-democratas, é misturar as forças destes quatro animais.

O deputado social-democrata Pedro Saraiva diz que é urgente adoptar como alternativa "a visão da águia, a energia de um dragão, a força do leão e a postura briosa da formiga" para responder ao que aí vem.»



publicado por Gi às 23:24
link do post | comentar

Sábado, 15 de Outubro de 2011
A desigualdade no mundo é atroz

O mundo está podre, a desigualdade é atroz, ricos a viverem duma forma que o pobre nem imagina. Sabem lá o que são mansões e o que elas comportam (jacuzzi, uma sala só para conversas privadas, 30 quartos que são do tamanho duma casa, 10 casas de banho, mesas fartas que ainda cheias ficam no fim da refeição, garagens com grandes carros, jardins e piscinas, etc.) se eles vivem em barracas ou num cartão, se eles nem uma casa de banho têm, se eles comem dos restos, se eles nem água têm.

 

Em pleno séc. XXI morre tanta gente à fome e à sede em todo o mundo.

É o mesmo mundo este aonde vivem humanos em tamanha desigualdade?

Estamos mesmo todos no mesmo planeta, ou será que está divido por um muro tão alto que se torna invísivel?

 

Os Homens são cruéis e gananciosos e isto é o que os distingue dos outros Animais.



publicado por Gi às 13:18
link do post | comentar

indignados

Indignados

15 de Outubro: Manifestação Global

Milhares de pessoas reúnem-se este sábado nas principais ruas e praças de todo o mundo. O protesto internacional leva à rua "indignados" de 82 países. Veja os vídeos e a galeria de fotos

Ler mais: http://aeiou.visao.pt/15-de-outubro-manifestacao-global=f627746#ixzz1ao8QnhCS



publicado por Gi às 01:55
link do post | comentar

Faço minhas as palavras de A. Lobo Antunes em grande entrevista

"Custa-me horrores ver a maneira como os portugueses estão a viver. Quem foram os Malandros que provocaram isto ao meu País?"

"E ninguém tem culpa, porque fizeram todos o melhor que puderam... Não consigo perdoar à classe política e aos grandes grupos económicos aquilo que nos aconteceu."

A cultura é a base de tudo (para além da bondade, da tolerância...que são muito importantes), é evidente que um país culto não aceita isto.

Quem está em crise são os países onde a cultura é menos desenvolvida e menos apoiada... Isto é óbvio!



publicado por Gi às 01:17
link do post | comentar

Quinta-feira, 29 de Setembro de 2011
minha filha caloira

tenho andado pra exprimir aqui o quanto me orgulho da minha caçula.

Entrou no ISEGI na UNL, agora está na mega festa do caloiro e aqui estou eu a pensar que a minha menina mulher vai saindo de debaixo da minhas asas protectoras e que não devo impedir porque é assim a vida. Sinto um misto de orgulho com preocupação, de alegria com tristeza. Ai coração de mãe!

 

"Estou velha, aonde foi que ficou a minha juventude, aonde foi que a minha vida passou?"

 



publicado por Gi às 23:35
link do post | comentar

Sporting!!!

o sporting renasceu das cinzas qual fénix.

 



publicado por Gi às 23:24
link do post | comentar

Sábado, 24 de Setembro de 2011
...


publicado por Gi às 12:51
link do post | comentar

Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011
Aproveitar garrafas de plástico

 

http://www.agricabaz.org/2010/09/como-aproveitar-tampa-das-garrafas-pet.html

 

 



publicado por Gi às 11:48
link do post | comentar

Sábado, 16 de Julho de 2011
Aniversário do meu filho homem

Quando acordei já tinhas saído para o trabalho, completaste 28 anos às 9H40, envio-te uma mensagem:

parabéns meu filho primeiro. És um homem grande! que tenhas uma vida longa com coragem para enfrentar o mal e alegria para gozar o bem. Felicidades.

 

Ao fim da tarde chegas do trabalho com um ar triste que tem sido o teu nos últimos tempos, dou-te beijinho, parabéns com um abraço, um abraço que começa a tremer e que demora, apercebo-me que choras e choro contigo - mas meu filho não chores - uma festa na cara enquanto lhe digo num sorriso a disfarçar as lágrimas - não chores então? a chorona aqui sou eu.

 

Agora que paro, sinto-me esgotada, foi um dia cansativo. Estive muito tempo na cozinha e nada de sofá. Tristeza, emoção, desgosto e depois por cima uma dose de risos, tentar abafar com música e até uns passos de dança, as lágrimas mal disfarçadas com sorrisos, e no recheio um coração partido. Foi tudo misturado e bem batido. Envelheço.

 

Meu filho se eu pudesse mudar as coisas...se eu pudesse inventar uma receita só de felicidade e alegrias para te oferecer.



publicado por Gi às 23:31
link do post | comentar

Nós: a Natureza e eu
Posts recentes

Há quanto tempo!

Portugueses viram bichos ...

A desigualdade no mundo é...

indignados

Faço minhas as palavras d...

minha filha caloira

Sporting!!!

...

Aproveitar garrafas de pl...

Aniversário do meu filho ...

Arquivo

Julho 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Ligações
pesquisar
 
tags

todas as tags

subscrever feeds